sábado, 3 de outubro de 2009

De musa, música e filho

Nos comentários da Carta para Mercedes Sosa, disse ao amigo Cava que, para mim, escrever vai além da musa. Nem sempre a musa baixa no terreiro da minha produção, mas escrever é transpiração, é insistência, é aproveitar o instante, é observar o detalhe, é escrever mentalmente indo de um trabalho a outro, entre uma aula e outra, conversando com os amigos, lendo, antes de dormir, cagando ou corrigindo exames.

Mas às vezes a vontade ou o tempo para produzir é pouco. Aí entra o amor pela música e o amor pelo meu filho. E o blog se mantém atualizado. E este blog atualizado faz este blogueiro, arremedo de escritor, feliz.


video

I.R.